OUTUBRO ROSA: Mamografia deve ser exame de rotina

Quando você faz a mamografia como parte dos exames de rotina, ela é chamada de mamografia de rastreio. Nesse caso, o seu médico usa os resultados da primeira mamografia para comparar com os resultados dos seus exames seguintes, e assim, ele consegue ter uma visão mais completa e um histórico das alterações nos seus seios.

Entenda os passos dos exames de mamografia e porque cada exame vai ter uma tratativa no combate ao câncer de mama.

Mas, se você percebeu alguma alteração nos seus seios, como caroços, dores, secreções ou alterações no tamanho das mamas, você deve agendar uma consulta com seu ginecologista. Se ele achar necessário, você será encaminhada para uma mamografia de diagnóstico.

Embora seja chamada de mamografia de diagnóstico, é o mesmo exame. Mas, nesse caso, o objetivo é investigar o que pode estar causando as alterações. Mas para que o câncer de mama seja diagnosticado de fato, você também deve fazer uma biopsia no caso de ser detectado algo fora do comum, pois a mamografia não é suficiente para identificar a doença.

Para mais dicas sobre mamografia, veja mais dicas aqui. Caso queira esclarecer outras dúvidas, fale comigo: