OUTUBRO ROSA: Você sabe como são interpretados os sinais de câncer na mamografia?

As classificações de sinais de câncer em exames de imagem vão desde a ausência de lesões, passando por aquelas consideradas benignas até resultados onde já foi confirmada a presença do câncer.

É importante conhecer todas as classificações que aparecem no exame de mamografia.

Conhecer os procedimentos que devem ser adotados em cada resultado de mamografia ajuda você a garantir o acompanhamento adequado. Então, se o seu médico encontrou alguma anomalia em sua mamografia, provavelmente vai classificá-lo dentro do BI-RARDS, que significa Breast Imaging Reporting and Data System. Ele é um padrão mundial que descreve e analisa as lesões nas mamas. Elas são divididas nas seguintes categorias:

  • Categoria 0 – não é possível ver corretamente a imagem, é necessário repetir
  • Categoria 1 – não tem sinal de lesões
  • Categoria 2 – não tem sinal de lesões, apenas lesões benignas, não são suspeitas de câncer.
  • Categoria 3 – alguma lesão com grande chance de ser benigna, mas deve ser feito outros exames para descarta a possibilidade de ser maligna cuja chance é de 2%, após rotina em 6 meses.
  • Categoria 4 – algumas lesões que podem ser câncer, deve ser feito biópsia. As chances aumentam para 20 a 35%.
  • Categoria 5 – alguma anomalia que aumenta a chance para 95%, deve ser feito biópsia.
  • Categoria 6 – já foi confirmado o câncer, usado para analisar a resposta ao tratamento.

Para mais dicas como essa, entre em contato comigo: