OUTUBRO ROSA: A importância da Mamografia

A mamografia é um raio-X da mama feita em um aparelho chamado mamógrafo. Esse exame é capaz de identificar um tumor não palpável (menor do que 1 cm). Quanto menor o tumor, maiores são as chances de cura e diminuição da mortalidade.

A mamografia é um desconforto pequeno, de instantes que pode salvar a sua vida. Entenda a importância da Mamografia na prevenção e detecção do câncer de mama.

Apertar a mama durante o exame é fundamental, pois somente assim terá boa qualidade e permitirá enxergar as lesões bem no início. O desconforto é muito rápido e pode salvar vidas.

Há um outro artigo sobre mamografia que tem mais informações, veja aqui.

Quer mais dicas como essa ou sanar outras dúvidas? Converse comigo.

OUTUBRO ROSA: Você sabe como são interpretados os sinais de câncer na mamografia?

As classificações de sinais de câncer em exames de imagem vão desde a ausência de lesões, passando por aquelas consideradas benignas até resultados onde já foi confirmada a presença do câncer.

É importante conhecer todas as classificações que aparecem no exame de mamografia.

Conhecer os procedimentos que devem ser adotados em cada resultado de mamografia ajuda você a garantir o acompanhamento adequado. Então, se o seu médico encontrou alguma anomalia em sua mamografia, provavelmente vai classificá-lo dentro do BI-RARDS, que significa Breast Imaging Reporting and Data System. Ele é um padrão mundial que descreve e analisa as lesões nas mamas. Elas são divididas nas seguintes categorias:

  • Categoria 0 – não é possível ver corretamente a imagem, é necessário repetir
  • Categoria 1 – não tem sinal de lesões
  • Categoria 2 – não tem sinal de lesões, apenas lesões benignas, não são suspeitas de câncer.
  • Categoria 3 – alguma lesão com grande chance de ser benigna, mas deve ser feito outros exames para descarta a possibilidade de ser maligna cuja chance é de 2%, após rotina em 6 meses.
  • Categoria 4 – algumas lesões que podem ser câncer, deve ser feito biópsia. As chances aumentam para 20 a 35%.
  • Categoria 5 – alguma anomalia que aumenta a chance para 95%, deve ser feito biópsia.
  • Categoria 6 – já foi confirmado o câncer, usado para analisar a resposta ao tratamento.

Para mais dicas como essa, entre em contato comigo:

OUTUBRO ROSA: Sobre riscos de desenvolver Câncer de Mama

Lembre-se sempre, independente do que não podemos mudar, há vários outros fatores que podemos mudar e prevenir o câncer de Mama.

As mulheres, sobretudo a partir dos 40 anos tem maior chance de desenvolver câncer de mama. Alguns fatores não se pode mudar, mas outros dependem apenas de você.

Você não pode mudar:

  • Idade;
  • História familiar;
  • Menstruar cedo;
  • Menopausa tardia;
  • Não amamentar;
  • Não engravidar.

O que depende de você:

  • Sedentarismo;
  • Alimentação irregular;
  • Obesidade e sobrepeso;
  • Bebida alcóolica;
  • Má qualidade de vida;
  • Cuidado com a saúde.

OUTUBRO ROSA: Dicas de hábitos ideais para uma rotina saudável:

Uma lista de hábitos saudáveis da SBM para que você aumente ainda mais a prevenção ao Câncer de Mama.

A SBM – Sociedade Brasileira de Mastologia separou algumas dicas para as mulheres se prevenirem do câncer de mama. Durante esse mês, o Outubro Rosa, vamos falar bastante nelas:

  • Alimente-se bem e não fique muito tempo sem comer, ou seja, prefira comer de três em três horas, em pequenas quantidades, sempre priorizando os alimentos naturais e evitando os alimentos industrializados.
  • Evite o excesso de gorduras e carboidratos simples, como açúcar adicionado aos alimentos, doces, sucos de caixinha ou saquinho, refrigerantes, pão branco, macarrão, sempre preferindo as opções integrais.
  • Procure ingerir proteínas de boa qualidade, principalmente frutas, legumes e verduras por serem fontes de vitaminas e minerais essenciais e ricas em fibras que ajudam na saciedade e no funcionamento adequado do intestino.
  • Pratique exercícios físicos durante a semana. O ideal são 150 minutos de atividades físicas moderadas  ou 75 minutos de atividades vigorosas divididas pelos dias da semana.
  • Planeje o seu dia alimentar e tente segui-lo.

Para mais dicas como essa, entre em contato comigo:

OUTUBRO ROSA: Movimento Quanto Antes Melhor

Neste Outubro Rosa 2020, a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) lança o movimento de conscientização QUANTO ANTES MELHOR. A ideia é chamar a atenção das mulheres para a adoção de um estilo de vida saudável no dia a dia, com a prática de atividades físicas e boa alimentação para evitar doenças, entre elas, o câncer de mama.

Quanto antes você se cuidar, mais chance tem de prevenir doenças como o Câncer de Mama.

A SBM quer reforçar que há muita vida após o câncer de mama e que o cuidado com a saúde feminina deve ser olhado com atenção, principalmente neste momento em que o rastreamento e o tratamento foram prejudicados e ainda estão sendo retomados por conta da pandemia de Covid-19.

Quais sintomas indicam algum problema com o meu DIU?

Após a inserção do DIU, é comum sentir cólicas leves, que podem ser aliviadas com anti-inflamatórios. Nos primeiros meses, também é possível ter sangramentos irregulares e mudanças no ciclo menstrual. Complicações decorrentes do uso do DIU não são frequentes, mas é importante estar atenta a sintomas anormais.

A posição correta do DIU pode ser sentida pela própria mulher, ao tocar o colo do útero. O correto é sentir as pontas dos fios apenas. Caso não consiga senti-las, ou perceba que a haste do dispositivo está para fora do colo do útero, é sinal de que o DIU saiu da posição correta.

Febre, cólicas intensas, sangramentos fortes e corrimento com cheiro anormal podem indicar problemas, como infecção, deslocamento ou outras situações. Ao perceber qualquer um desses sinais e sintomas, procure seu médico.

Obesidade pode diminuir a eficácia do anticoncepcional?

A gravidez indesejada é especialmente preocupante em mulheres obesas, pois pode trazer riscos à saúde da mãe e do bebê. Para planejá-la, é importante o uso de método contraceptivo e esperar o momento ideal para engravidar. Embora os estudos sobre o tema sejam controversos, a conclusão é que a obesidade compromete pouco ou nada o desempenho dos métodos anticoncepcionais.

A exceção é o adesivo transadérmico, cuja taxa de falha pode ser significativamente maior para mulheres com mais de 90 quilos. Outro ponto importante é que, ao iniciar um método hormonal, a proteção só é garantida após 14 dias, porque os níveis de progesterona demoram mais para se estabilizar em obesas.

Mulher obesa pensativa, em relação a dúvida sobre obesidade reduzir eficácia do anticoncepcional. Foto por Khorena Sanders no Unsplash.

Além disso, o implante contraceptivo pode ter eficácia por menos tempo para quem está acima do peso, mas os dados são conflitantes com outros estudos que demonstram não haver diferença na eficácia.

Em relação ao dispositivo intrauterino (DIU), as evidências apontam que o método é igualmente eficaz para usuárias com sobrepeso ou obesidade. Ou seja, mais de 99% de eficácia.

Quer esclarecer mais dúvidas como essa? Entre em contato comigo:

Em que idade o sangramento uterino anormal (SUA) é mais comum?

O sangramento uterino anormal (SUA) pode acontecer em todas as idades da vida reprodutiva das mulheres, porém é mais comum que o problema aconteça em dois momentos: no início e no fim da vida reprodutiva.

Nos dois primeiros anos após a primeira menstruação, é comum que as adolescentes tenham queixas de menstruações irregulares, com sangramento excessivo e intervalo de tempo diferentes. Durante a perimenopausa (fase antes da menopausa), por volta dos 45 anos, os ciclos menstruais podem se tornar mais irregulares e é comum que o sangramento uterino anormal ocorra. Também é normal pular períodos ou o sangramento ser menor durante a perimenopausa.

Mulher pensativa elucidando as dúvidas a respeito da idade com que o SUA ocorre. Foto por Ernest Brillo no Unsplash.

Fique atenta aos sinais e sintomas do corpo, especialmente durante esses períodos da vida. Apenas um médico poderá identificar e diagnosticar problemas na saúde reprodutiva. Nunca se automedique.

É importante conversar com o seu médico sobre o método contraceptivo mais indicado para o seu caso.

Atendimento por Telemedicina

Olá, tudo bem? Tenho novidades sobre o meu atendimento clínico! Agora, além da consulta presencial que você já conhece, também tenho consultas por telemedicina para determinadas situações, como a escolha de métodos anticoncepcionais e a análise de resultados de exames laboratoriais.

Claro que, dependendo do caso, a consulta presencial ainda permanecerá como opção preferencial, mas para situações menos complexas, especialmente as que não requeiram exames ginecológicos, a consulta por telemedicina poderá ser agendada da mesma forma que a presencial, pelo telefone (11)2959-2611, whatsApp +55(11)2950-9085 ou pelo meu formulário de contato.

Sinta-se acolhida pela forma de consulta que mais se adequar a você, com total qualidade e carinho que você merece, mas agora com mais conveniência e comodidade.

Qualquer dúvida, estou à disposição em todos meus canais (Instagram, Facebook, Whatsapp e Site).

Sobre a Tabela de Fertilidade

Olá, hoje vou falar com as Tentantes, aquelas mulheres que estão tentando ter seu filho. É muito importante conhecer seu ciclo menstrual(Se você quer saber um pouco mais sobre tratamento de fertilidade, talvez este POST seja para você)

Geralmente um ciclo menstrual normal pode ocorrer entre 28 e 30 dias. Então a metade desse ciclo, que seria entre o 14o e o 15o dia, coincide com o período fértil da mulher. É interessante que o coito ocorra nesse período.

Existem muitos aplicativos que podem te ajudar com a popular tabelinha de fertilidade. Aqui estão três dos  mais utilizados no Brasil (estes apps são sugestões, as informações e acompanhamento devem sempre ser obtidos com um médico de confiança):

Maia – Acompanha seus períodos, sintomas relacionados à menstruação, oscilações de humor e sua saúde.
Baixe ele aqui: Iphone (IOS) | Android

Gravidez+– Monitora a fertilidade e ajuda as mamães a acompanharem a gestação em detalhes. O app também é um guia com informações até para o trabalho de parto.
Baixe ele aqui: Iphone (IOS) | Android

Clue – O app avisa a fases para a mulher: na TPM, na janela de fertilidade ou nos dias de menstruação. Ele registra disposição, dores, emoções, horas de sono, testes de gravidez, uso de pílulas, relações sexuais e desconforto.
Baixe ele aqui: Iphone (IOS) | Android

Boa sorte!