Contracepção e lúpus: como me proteger?

Mulher de olhos claros olhando para a câmera e a frase Contracepção e Lúpus, como me proteger? Foto por Velizar Ivanov no Unsplash.

O lúpus é uma doença autoimune que atinge, principalmente, mulheres na idade fértil. Uma gestação não planejada nessas mulheres pode gerar riscos para a saúde da mãe e do feto. Portanto, o planejamento da gestação é essencial.


Por outro lado, os métodos contraceptivos são pouco utilizados, seja pela falta de informação da paciente ou por dúvidas ao prescrever os anticoncepcionais hormonais.

Os LARCs (DIU de cobre, SIU-LNG e implante de ENG) representam as opções contraceptivas mais eficazes e devem ser encorajados em todas as pacientes, mesmo em nulíparas e adolescentes que não tenham contraindicações ao uso. Eles apresentam altas taxas de satisfação e continuidade de uso entre todos os contraceptivos reversíveis.

O método contraceptivo escolhido pela paciente com lúpus deve ser discutido com o ginecologista e o reumatologista, sempre combinando segurança, eficácia, conveniência e outras necessidades individuais da mulher.

Para mais dicas como essa me siga nas redes sociais ou entre em contato comigo pelos canais abaixo: