Vitamina D: benefícios para gestante e bebê

Ginecologista e Obstetra Dra Claudiani Branco fala sobre os benefícios da vitamina D.

Dentre os mais variados nutrientes que a gestante irá precisar ao longo dos nove meses de seu período gestacional, a vitamina D é um dos que se destacam. Isso porque ela é uma das responsáveis por reforçar o sistema imunológico contra doenças e a auxiliar na saúde dos ossos e dos músculos.

Presente em alimentos como peixes, cogumelos, gema de ovo e fígado bovino, a Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que a vitamina D permite o bom funcionamento das células do corpo, em especial, ajudando nas funções de outros nutrientes como cálcio e fosfato.

Além dos alimentos, a vitamina D também pode ser obtida através da exposição aos raios solares. Para as gestantes que apresentam uma alimentação com baixa ingestão de alimentos fontes de vitamina D ou possui baixa exposição ao sol, pode ser preciso indicar um suplemento via oral, mas essa avaliação deve ser individualizada e com base nos exames laboratoriais (dosagem sanguínea).

Quando necessária, a suplementação não será algo pensado apenas na saúde da mulher. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, ela também servirá para ajudar os fetos em formação, que precisam da vitamina D nos seus primeiros meses de vida.

Por isso, a recomendação da diretriz da OMS para gestantes que estão com falta dessa vitamina consiste em adequar a nutrição com fontes do nutriente para a futura mamãe, além de regular a quantidade de horas em exposição sob a luz solar e, por fim, controlar, com auxílio de um médico, o uso do suplemento vitamínico.

Vale ressaltar que cada caso é individual, e que apenas o profissional de saúde saberá receitar a dose adequada para cada gestante. Se ainda tem dúvidas sobre o assunto, fale comigo pelos canais abaixo: